Os 50 anos do gol 1 000 de Pelé

O Rei do Futebol falou com exclusividade sobre os momentos que antecederam a marca histórica no dia 19 de novembro de 1969

Por Da Redação - Atualizado em 19 nov 2019, 15h18 - Publicado em 19 nov 2019, 15h16

O gol número 1 000 de Pelé completa 50 anos nesta terça-feira 19. A marca, contudo, poderia nunca ter acontecido naquela noite no Maracanã, porque o Rei do Futebol não queria bater a penalidade máxima que ele mesmo sofreu contra o Vasco. O maior artilheiro da história do Santos e da seleção brasileira relevou em entrevista exclusiva a VEJA que pediu para Carlos Alberto Torres cobrar o pênalti.

“Naquele ano, quem estava batendo os pênaltis do Santos era o Carlos Alberto. Ele era o batedor oficial do time. Quando o juiz deu o pênalti, o Carlos Alberto disse: ‘Rei, vai você bater o pênalti’. Falei: ‘vai tu, meu chapa!’. Ele não queria bater e insistiu. Aí eu aceitei, mas achei uma sacanagem”, confessou o Rei do Futebol em entrevista na semana passada no Museu Pelé, em Santos, no litoral de São Paulo.

Publicidade