Clique e assine a partir de 9,90/mês

Marcados para sempre: O impacto da quarentena nos adolescentes

Veja como Gabriela, 12 anos, e Felipe, 16, adaptaram suas rotinas na vida em quarentena

Por Da Redação - Atualizado em 26 May 2020, 23h10 - Publicado em 25 May 2020, 21h31

A vida sem abraços – Para os irmãos Felipe, 16 anos, e Gabriela, 12, a quarentena chegou como um furacão. A falta de contato com amigos e professores tem sido o mais difícil para os adolescentes. Gabriela organiza encontros por vídeo, estuda à beça e não sai do WhatsApp “Gostava muito de abraçar as pessoas e acho que não vai poder ser mais assim”, diz ela.

Publicidade