Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Jair Bolsonaro: Do baixo clero à Presidência da República

Jair Bolsonaro toma posse como o 38º presidente da República nesta terça-feira

Por Da Redação Atualizado em 31 dez 2018, 10h49 - Publicado em 31 dez 2018, 10h47

Em 27 anos como deputado federal, Jair Bolsonaro chamava atenção devido à frases polêmicas. Não estava no centro das discussões e nem conseguia aprovar muitos projetos no plenário. Pelo contrário, foram apenas dois em quase 30 anos no Congresso. Mas o que leva um deputado considerado de baixo clero a se destacar ao ponto de se tornar Presidente da República?

Especialistas apontam que a virada na carreira política do futuro presidente aconteceu depois do manifesto durante a votação do impeachment de Dilma Rousseff, em 2014. O apoio, que já não era pequeno nas redes sociais, tornou-se massivo. “Bolsonaro não teve projeção em termos de ação como político, mas sempre esteve envolvido em questões polêmicas que deram notoriedade a ele nestes anos todos”, aponta Luiz Bueno, filósofo político. Para Ana Clara Costa, editora e VEJA, Bolsonaro se transformou no “representante de um pensamento de um setor da população”. Desde então, o processo de construção da imagem de Bolsonaro como presidente foi ampliado.

 

 

Ele ganhou não apenas eleitores, mas fãs que o seguiam aonde quer que ia pelo Brasil. O atentado em setembro, um mês antes das eleições, pode ter chamado mais atenção para o então candidato. No entanto, ele já estava na frente das pesquisas. E assim se manteve até o final, quando foi eleito o 38º Presidente da República.

Continua após a publicidade

Publicidade