Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Geovani Martins, o cronista da vida nas favelas cariocas

Livro de estreia do escritor do Vidigal, sobre a vida nos morros, já teve seus direitos vendidos a nove países. Assista

Por Da Redação Atualizado em 10 dez 2018, 14h11 - Publicado em 6 mar 2018, 10h00

Conheça a trajetória de Geovani Martins, cronista que escreve sobre a vida nas favelas cariocas.

Geovani, que cresceu na favela do Vidigal, conta sobre seu caminho pelo ofício de escritor. A coletânea de contos O Sol na Cabeça,  seu livro de estreia, já teve seus direitos vendidos a nove países. Suas crônicas vibrantes falam sobre a infância e juventude nas favelas cariocas.

“Eu esperava que o livro tivesse uma boa repercussão, mas não que fosse fazer sucesso antes de sair”, diz o autor. À VEJA, ele fala sobre o processo de criação da coletânea, batida na máquina de escrever, da truculência policial na abordagem de moradores de favelas e de seu próximo projeto.

  • Publicidade