Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Brasil precisa ‘parar de fugir da globalização’, diz Marcos Troyjo

Fórum VEJA EXAME – 100 Dias de Governo reuniu políticos e pensadores para debater o novo momento do país

Por Da Redação 17 abr 2019, 18h25

Marcos Troyjo, Secretário Especial de Comércio Exterior e Relações Internacionais do Ministério da Economia, disse nesta segunda-feira (15) ser difícil encontrar nas últimas décadas países que deram certo ‘se escondendo da globalização, citando exemplos de sucesso como Chile e China. A declaração foi feita em conversa com André Lahoz Mendonça de Barros, diretor editorial do grupo EXAME, em um evento com a VEJA para debater os primeiros 100 dias do governo Bolsonaro.

Sua aposta é que o Brasil, apesar de atrasado no comércio internacional, ainda tem oportunidades de integração. Segundo ele, o mundo não deve ficar para sempre na desglobalização atual, mesmo que não volte para a globalização acelerada vista entre 1989 e 2008.

Troyjo lembrou também que EUA e China são o maior parceiro comercial e tem o maior fluxo de investimentos nas duas direções. Ele vê as disputas atuais, como a guerra de tarifas, como parte de um “ajuste entre dois gigantes”.

Continua após a publicidade

Publicidade