Clique e assine a partir de 8,90/mês

A mulher que decidiu enfrentar um câncer terminal sem tratamento

A professora Ana Beatriz Cerisara tomou a extraordinária decisão de lidar com um câncer agressivo sem tratamento. Acompanhe

Por Da Redação - Atualizado em 10 dez 2018, 21h31 - Publicado em 16 dez 2017, 14h41

Ana Beatriz Cerisara, uma professora gaúcha de 60 anos, descobriu três cânceres no mesmo órgão quando foi internada para fazer uma cirurgia. O médico que a operou foi incapaz de dar a notícia verbalmente. Preferiu entregar um pedacinho de papel, onde se lia o seguinte: “Três lesões invasivas no intestino”.

Quimioterapia, radioterapia ou medicamentos pouco adiantariam. Uma cirurgia seria o tratamento possível, mas poderia resultar na retirada quase total do intestino. Nesse caso, Ana Beatriz passaria a se alimentar por via artificial pelo resto da vida. Ela resolveu que deixaria a vida continuar seu curso natural. “Estou pronta para morrer. Não estou desistindo. Apenas não quero ficar na vida a qualquer preço.”.

 

Publicidade