Clique e assine com até 92% de desconto

MST destrói 15 anos de pesquisa em biotecnologia

Uma ação criminosa e obscurantista, cerca de mil mulheres do Movimento dos Sem-Terra (MST) destruíram nesta quinta-feira mudas de transgênicos que eram objeto de pesquisa há 15 anos no interior de São Paulo. Elas invadiram e ocuparam um centro de pesquisa da FutureGene, empresa do grupo Suzano Papel e Celulose, em Itapetininga (SP). Assista.

Por Da Redação Atualizado em 10 dez 2018, 16h04 - Publicado em 5 mar 2015, 21h57
Publicidade