Clique e assine a partir de 8,90/mês

O que Boulos faz é tão compreensível quanto o que Dilma diz

O Brasil que pensa ainda tenta entender os motivos da invasão do triplex do Guarujá

Por Da Redação - 16 abr 2018, 17h53

Às oito e meia da manhã desta segunda-feira, integrantes do bando autodenominado Movimento dos Trabalhadores Sem Teto-MTST ocuparam o triplex no Guarujá que Lula ganhou de uma empreiteira amiga mas jura que não é dele.

Chefão do MTST, Guilherme Boulos assim explicou o objetivo dos invasores: “Se é do Lula, o povo poderá ficar. Se não é, por que então ele está preso”. Três horas mais tarde, enquanto os brasileiros que sabem ler tentavam entender o que Boulos disse, os ocupantes do imóvel declararam que haviam provado que Lula não é o dono do triplex e caíram fora do prédio.

Quem tem defensores tão completamente imbecis nem precisa de acusadores.

Publicidade