Clique e assine a partir de 9,90/mês

O parto do filho de Maia é atormentado por Alcolumbre

Depois de quase um ano, a votação da reforma da Previdência no Senado continua subordinada a barganhas indecentes

Por Da Redação - Atualizado em 2 out 2019, 19h32 - Publicado em 2 out 2019, 16h57

Quando a reforma da Previdência foi aprovada pela Câmara dos Deputados, um Rodrigo Maia em lágrimas assumiu a paternidade das mudanças concebidas por Paulo Guedes. A mãe seria Davi Alcolumbre.

A votação no Senado sugere que o casal se separou. Enquanto o pai permanece em estridente silêncio, a mãe condiciona o parto da reforma a barganhas por cargos e verbas. O país acompanha há um ano o espetáculo do desprezo dos parlamentares pelo povo que fingem representar.

Se o texto da reforma for desfigurado por emendas malandras serão eles os assassinos do futuro.

Publicidade