Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

O Brasil de Lula e Dilma não lê nem sabe contar

A cabeça baldia e o neurônio solitário transformaram o país num viveiro de ignorantes em Leitura e Matemática

Por Da Redação Atualizado em 10 dez 2018, 14h24 - Publicado em 28 fev 2018, 16h43

Um relatório do Banco Mundial acaba de ampliar a sórdida herança legada pela dupla Lula e Dilma Rousseff: o país vai demorar 260 anos para alcançar o nível dos países desenvolvidos em Leitura e 75 anos em Matemática. Faz sentido: o ex-presidente acha leitura “pior que exercício em esteira”.

Num vídeo que continua fazendo sucesso na internet, a ex-presidente revela que “treze menos quatro dá sete”. O viveiro de 12 milhões de analfabetos elegeu em 2002 e reelegeu em 2006 uma cabeça baldia. Em 2010, instalou na Presidência um neurônio solitário e reincidiu na maluquice em 2014.

Deu no que deu. O Brasil ficou parecido com Lula em leitura e é a cara de Dilma em Matemática.

  •  

    Continua após a publicidade
    Publicidade