Clique e assine com 88% de desconto

A aula de Dilma em San Diego: como assassinar o português

Ex-presidente ensina que a Justiça do Inimigo destrói uma pessoa cidadamente. Ou cidadanamente

Por Da Redação - 20 abr 2018, 17h28

No meio do palavrório na Universidade Estadual de San Diego, Dilma Rousseff resolveu ensinar como funciona no Brasil o que batizou de Justiça do Inimigo: “É quando você usa a lei e os processos legais para não destruir fisicamente, mas destruir civil e cidadamente uma pessoa”.

Nem fez uma pausa para corrigir: “cidadanamente”. Além de não explicar o que é Justiça do Inimigo, a ex-presidente conseguiu assassinar a língua portuguesa com a invenção de duas palavras que nenhum dicionário registra: cidadamente e cidadanamente.

Os idiotas , como constatou Nelson Rodrigues, estão por toda parte. Mas só no Brasil do PT dois imbecis juramentados chegaram à Presidência da República.

Publicidade