Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

A aula de Dilma em San Diego: como assassinar o português

Ex-presidente ensina que a Justiça do Inimigo destrói uma pessoa cidadamente. Ou cidadanamente

Por Da Redação 20 abr 2018, 17h28

No meio do palavrório na Universidade Estadual de San Diego, Dilma Rousseff resolveu ensinar como funciona no Brasil o que batizou de Justiça do Inimigo: “É quando você usa a lei e os processos legais para não destruir fisicamente, mas destruir civil e cidadamente uma pessoa”.

Nem fez uma pausa para corrigir: “cidadanamente”. Além de não explicar o que é Justiça do Inimigo, a ex-presidente conseguiu assassinar a língua portuguesa com a invenção de duas palavras que nenhum dicionário registra: cidadamente e cidadanamente.

Os idiotas , como constatou Nelson Rodrigues, estão por toda parte. Mas só no Brasil do PT dois imbecis juramentados chegaram à Presidência da República.

  • Publicidade