Group 21 Copy 4 Created with Sketch.
VEJA Bem com Da Redação

Bolsonaro diz que 2º lugar em pesquisa para 2018 “não é surpresa”

Acompanhe o 'VEJA Bem'

access_time 10 dez 2018, 14h41 - Publicado em 16 fev 2017, 14h58

Ouça a entrevista do colunista de VEJA Felipe Moura Brasil com o deputado Jair Bolsonaro sobre o resultado da pesquisa CNT-MDA.

Notícias sobre
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Bolsonaro 2018

    Curtir

  2. Paulo Sergio Barci

    Veja ainda não entendeu que Lula não lidera nada! Quem está “liderando” são os indecisos, que ainda são 70%.

    Curtir

  3. manoel heriberto manoel

    não sei que pesquisa e essa porque nas eleições passadas votamos em lula hoje nossa família não que nem ouvir falar, não entendo! agora é a hora de acabar com o PMDB E PT.

    Curtir

  4. Viviane Alessandro Kramemer

    Bolsonaro 2018

    Curtir

  5. Sidney Schmeiske Mendes

    Precisamos de um Trump por aqui.
    Temos Bolsonaro.

    Curtir

  6. Ivan Luiz Socorro

    Precisamos da DIREITA senao seremos um país atrasado e muito defasado. Onde essa esquerda pos a mao acabou com os paises. Nao temos politicos patriotas e qdo aparece é odiado pq somos um país sem identidade. Muita mistura. E qdo aparece um que queira o melhor para um maior número de brasileiros, ai é considerado fascista.

    Curtir

  7. Jorge Dias da Silva

    Na remota hipótese de uma intervenção militar, “o que seria o ideal”, apelamos para Bolsonaro, com muito louvor. A mídia pode ficar sossegada, é só não dar uma de “subversiva” que a liberdade de imprensa vai ser preservada.

    Curtir