Group 21 Copy 4 Created with Sketch.
Giro VEJA com Da Redação

Lula escapa de processo por obstrução de Justiça

Em 2015, Bernardo Cerveró gravou o ex-senador Delcídio do Amaral tentando comprar o silêncio do ex-diretor da Petrobras

access_time 12 jul 2018, 19h30

O ex-presidente Lula e outros seis réus foram absolvidos no processo em que eram acusados de cometer o crime de obstrução de Justiça. O juiz Ricardo Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, entendeu que não há provas suficientes e que as acusações eram baseadas apenas em delações.

Em dezembro de 2015, Bernardo Cerveró, filho do ex-diretor da Petrobras Nestor Cerveró, gravou o ex-senador Delcídio do Amaral oferecendo 50.000 reais mensais de ajuda financeira ao delator da Operação Lava Jato, além de um plano de fuga para ele. Em contrapartida, Cerveró não citaria Delcídio, Lula, o pecuarista José Carlos Burlai e outros acusados na delação premiada que fecharia com a Justiça.

Em nota, a defesa do ex-presidente Lula afirmou que Leite agiu de maneira imparcial por descartar a acusação baseada apenas na palavra dos delatores. De acordo com o advogado Cristiano Zanin Martins, o mesmo deveria ser feito no processo do triplex do Guarujá, que levou Lula à prisão.

Notícias sobre
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

  1. Juliano Ribeiro

    ‘Escapa’? O termo correto não é ‘inocentado’?
    Por uma dessas que a revista não tem mais credibilidade!

    Curtir