Group 21 Copy 4 Created with Sketch.
Giro VEJA com Da Redação

Giro Veja: ‘Não vão me pegar’, diz Bolsonaro sobre investigação de Flávio

Presidente afirmou que quebra de sigilo do filho é para atingir ao pai

access_time 16 maio 2019, 17h13 - Publicado em 16 maio 2019, 17h10
Ainda nos Estados Unidos para receber um prêmio de “Personalidade do Ano”, o presidente Jair Bolsonaro comentou sobre a quebra de sigilo bancário e fiscal de 95 pessoas relacionadas ao seu filho, o senador Flávio Bolsonaro. Solicitada pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, a ação é para atingir o pai e não o filho, segundo o presidente. “Querem me atingir, venham pra cima de mim”, afirmou Bolsonaro, que ainda completou: “Não vão me pegar”. 
A reportagem de VEJA teve acesso as 87 páginas do documento que embasou o pedido de quebra de sigilo. O MP apontou indícios de que o senador teria utilizado a compra e venda de imóveis no Rio de Janeiro para lavar dinheiro. Segundo os promotores, Flávio lucrou mais de três milhões de reais entre 2010 e 2017 com transações imobiliárias em que existem suspeitas de subfaturamento nas compras e superfaturamento nas vendas. Em nota, Flávio Bolsonaro afirmou que jamais cometeu “qualquer irregularidade na vida” e que tudo será provado no momento oportuno.
Notícias sobre
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s