Group 21 Copy 4 Created with Sketch.
Giro VEJA com Da Redação

Giro Veja: Bolsonaro muda decreto e veta porte de fuzil para cidadão comum

Somente donos de imóveis rurais poderão transportar armas de grandes porte

access_time 22 maio 2019, 17h55

O presidente Jair Bolsonaro voltou atrás e mudou o decreto de armas. Agora, não será mais permitido porte de fuzis, carabinas e espingardas ao cidadão comum. Somente donos de imóveis rurais podem transportar essas armas de grandes porte. Já pistolas, revólveres e garruchas podem ser adquiridos. O Palácio do Planalto informou que essas mudanças foram feitas pelo presidente “a partir dos questionamentos feitos perante o Poder Judiciário, no âmbito do Poder Legislativo e pela sociedade em geral”.

 

Giro Veja também destaca um levantamento feito pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) a pedido de VEJA, que apontou um aumento de 115% no número de pedidos de aposentadoria neste ano. Segundo a reportagem, entre janeiro e março, foram pedidas mais de 510 mil aposentadorias. No mesmo período do ano passado, eram pouco mais de 230 mil requisições.

 

 

Notícias sobre
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

  1. Luiz Pegorer

    d Foi mais um tiro no pé da segurança. Quem assistir filmes principalmente antigos e europeus, percebe que o cidadão para a defesa de sua família, tinha espingarda em seu domicílio, normalmente cartucheira, porque é mais fácil atirar e acertar o alvo e não outra pessoa. Quanto mais longo o cano mais seguro e menor a possibilidade do cidadão pensar em sair pela cidade com a arma “escondida”. A pistola oferece menos risco de acertar um inocente em área rural do que em uma área urbanizada, menos peso, não incentiva a caça, que. é um instinto doentio. Conheci muitas pessoas próximas que atiravam em passarinhos. Fuzis são apropriados para a guerra apenas.

    Curtir