Group 21 Copy 4 Created with Sketch.
Ao vivoAmarelas ao Vivo entrevista Alvaro Dias, do Podemos

Evento de VEJA já ouviu os presidenciáveis João Amoêdo (Novo) e Geraldo Alckmin (PSDB). Marina Silva (Rede) e Henrique Meirelles (MDB) também serão sabatinados

Em pauta com Filipe Vilicic

Quem é responsável pelo atual caos em que está o Facebook?

A Origem dos Bytes explica como a rede social deixou que dados pessoais fossem usados para fins escusos e debate a ida de Zuckerberg ao Congresso dos EUA

access_time 16 abr 2018, 19h00 - Publicado em 16 abr 2018, 15h36

Qual é a culpa do Facebook em relação à crise que atingiu a empresa depois que se descobriu que espiões russos e consultorias políticas duvidosas (em especial, a Cambridge Analytica) utilizam dados de dezenas de milhões de perfis para influir no cenário internacional e, inclusive, em eleições presidenciais como a última dos EUA – da qual Donald Trump saiu vitorioso? Os usuários devem mudar seus hábitos online para que problemas assim não mais ocorram – há risco de atingir, mais uma vez, o pleito à presidência, agora no Brasil? O que deveriam fazer (se é que deveriam fazer algo…) Mark Zuckerberg, e os senadores e deputados americanos, para controlar a cacofonia das redes sociais? Por que, afinal, Facebook, Twitter, Instagram e afins viraram universos turbulentos repletos de radicais, exemplos de discurso de ódio, lutas entre petistas e bolsonaristas, fake news e mulheres de biquíni?

Na estreia de A Origem dos Bytes em TVEJA, o editor Filipe Vilicic – também titular de blog homônimo e autor de livros como O Clique de 1 Bilhão de Dólares (Intrínseca), sobre a história do Instagram – ensaia respostas a essas questões. Todas as segundas-feiras o programa debaterá assuntos do mundo conectado e tecnológico.

Acompanhe A Origem dos Bytes pelos perfis públicos de Vilicic no Twitter, no Facebook e no Instagram.

Notícias sobre
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s