Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Plástico nos oceanos: o que fazer para não poluir

Volume do resíduo nas praias se tornou uma epidemia ambiental ao redor do mundo

access_time 11 dez 2018, 15h47

Se o consumo de plástico pela sociedade continuar no ritmo atual, em 2050 os oceanos vão abrigar mais objetos feitos com o material do que peixes. A estimativa é reflexo do consumo desenfreado da substância usada para produzir itens substituíveis por outros de material reciclável ou que se tornaram desnecessários no dia a dia, como canudos, sacolas e embalagens.

Além disso, notícias sobre animais mortos ou feridos por causa do lixo nos mares se tornaram comuns, como a tartaruga que teve um canudo preso em uma de suas narinas, o golfinho que morreu de fome no litoral de São Paulo por ter ficado com o bico preso por um lacre e a baleia encontrada morta na Indonésia com seis quilos de plástico no estômago. O principal motivo para a poluição dos oceanos é a má gestão dos resíduos sólidos no continente, com o lixo gerado por serviços em geral e pelas pessoas, ao descartarem objetos diretamente na rua. Veja como colaborar para evitar o aumento da poluição.

Notícias sobre
Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s