Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Wikipédia busca operadoras para oferecer acesso grátis no Brasil

Projeto Wikipédia Zero já está presente em 29 países e permite que 350 milhões de pessoas usem a enciclopédia colaborativa em seus celulares gratuitamente

“Convidamos todas as operadoras de telefonia móvel do mundo para fazer parte da nossa missão”, diz a página do Wikipédia Zero – projeto da Fundação Wikimedia, gestora da enciclopédia, cujo objetivo é oferecer acesso gratuito ao serviço a partir de celulares. A ideia da iniciativa é conseguir o apoio das empresas telefônicas para que elas subsidiem os custos dos planos de dados e permitam que a Wikipédia seja consultada sem cobranças de taxas. No Brasil, essa conversa entre fundação e companhias já está acontecendo.

Por ora, a iniciativa está presente em 29 países e conta com o apoio de 34 operadoras. Estima-se que 350 milhões de pessoas no mundo acessem a Wikipédia gratuitamente. O objetivo da Fundação Wikimedia não é modesto: ela quer receber o apoio de todas as companhias do setor de telecomunicações do planeta.

Leia também:

Planalto pode ser impedido de editar Wikipédia

Internet gratuita do Facebook é lançada em Zâmbia

Segundo a Wikimedia, o projeto foi criado para que os usuários, especialmente os de países emergentes, possam ter acesso ao conhecimento difundido na plataforma colaborativa ainda que não possam arcar com os custos dos planos de dados.

No Brasil, a Wikipédia ainda não fez grandes avanços. Segundo Katherine Maher, diretora de comunicação do grupo, a fundação está em contato com todas as operadoras no país para apresentar o projeto e, é claro, pedir o apoio. “Por ora, não temos parcerias fechadas com nenhuma empresa no Brasil”, disse a executiva ao site de VEJA.

No mês passado, o Facebook estreou um projeto similar chamado Internet.org, cujo objetivo é oferecer internet gratuita em mercados em desenvolvimento. A Zâmbia, na África, foi o primeiro país a receber o aplicativo que dá acesso a serviços como a própria rede social, a busca do Google e a Wikipédia sem cobrar dos usuários os planos de dados. Somente os assinantes da operadora de telecomunicações Airtel podem usufruir do benefício, uma parceria da companhia com o Facebook. O Google também já entrou na corrida para levar a internet a locais remotos. Em junho, o buscador lançou o Project Loon, balões gigantes de hélio capazes de transmitir sinais Wi-Fi para regiões sem acesso à rede.

Leia também:

O plano do Facebook para conectar o mundo inteiro