Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Vendas do PS4 passam de 5,3 milhões de unidades

Console foi lançado em novembro. No Brasil, preço continua salgado: R$ 4.000

Por Da Redação 18 fev 2014, 18h00

A Sony anunciou nesta terça-feira que mais de 5,3 milhões de unidades de PlayStation 4 já foram vendidas em todo o mundo. Globalmente, a Sony garante ter tomado a dianteira da concorrente Microsoft. De acordo com a empresa americana, o Xbox One vendeu no mesmo período 3 milhões de unidades. “Estou emocionado com o fato de tantos clientes ao redor do mundo terem escolhido o PS4”, disse Andrew House, CEO da Sony. “Estamos felizes que, segundo a NPD Group, o PlayStation 4 foi o videogame mais vendido nos Estados Unidos.”

Leia também:

Por que (ainda) não vale a pena trocar seu videogame

O PlayStation 4 foi lançado nos Estados Unidos no dia 15 de novembro de 2013 por 400 dólares. No Brasil, o aparelho é vendido nas lojas por 4.000 reais – valor que coloca o videogame no topo do ranking dos mais caros do planeta.

Durante visita ao Brasil no final do ano passado, Mark Stanley, vice-presidente da Sony Computer Entertainment para América Latina, afirmou que a companhia tentaria baixar o valor do aparelho no país: até agora, não conseguiu. Por aqui, a Sony optou por importar o aparelho.

Segundo a companhia, os impostos brasileiros são os principais responsáveis pelo preço salgado. O rival Xbox One chegou às lojas americanas por 500 dólares: fabricado no país, pode ser encontrado no varejo local por 2.300 reais.

No Japão, país onde fica a sede da empresa, o PS4 só começa a ser vendido no próximo final de semana. O console da Sony alcançou a marca de 1 milhão de unidades vendidas nas primeiras 24 horas após o lançamento do aparelho. Em dezembro, a Sony divulgou as vendas de 2,1 milhões de consoles em todo o mundo.

Por ora, o número de jogos relevantes para PlayStation 4 pode ser contado nos dedos de uma mão. A expectativa é que títulos de peso sejam lançados para o videogame ao longo deste ano.

Continua após a publicidade
Publicidade