Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Venda mundial de computadores cai em 2012

Segundo levantamento da Gartner, a queda na comercialização de PCs pode estar associada à popularização dos tablets

O número total de PCs vendidos em todo o mundo caiu 4,9% no último trimestre de 2012 na comparação com o mesmo período do ano enterior, segundo um levantamento da Gartner, instituto de pesquisa especializado no setor de tecnologia, divulgado nesta segunda-feira.

A queda de aproximadamente 90 milhões de unidades é uma evidência de que os consumidores têm escolhido os tablets e smartphones como seus dispositivos primários em vez dos tradicionais computadores de mesa e notebooks.

De acordo com Mikako Kitagawa, analista da Gartner, os tablets e smartphones não estão canibalizando a venda de PCs, mas mudando o comportamento de consumo das pessoas em todo o mundo. “Suspeitamos que a maioria dos usuários tem usado os tablets como dispositivos pessoais e computadores compartilhados para executar tarefas criativas e administrativas”, explica o especialista. “Há pessoas que usam um PC e um tablet como dispositivos pessoais, mas elas são exceção e não regra”, diz.

A Dell é uma das fabricantes globais que sentiu a mudança comportamental de seus consumidores. A companhia registrou uma queda em vendas de 11,5 milhões de unidades, em 2011, para 9,2 milhões no último trimestre de 2012. A HP também testemunhou a diminuição nas vendas de sua linha de computadores pessoais. Em 2011, a empresa comercializou 14,7 milhões de unidades e, em 2012, apenas 14,6 milhões.

As vendas de tablets, por outro lado, não param de crescer. Segundo estimativa da consultoria IDC, divulgada em setembro, 165,9 milhões de unidades devem ser comercializadas este ano em todo o mundo. Para 2016, a expectativa é de que sejam vendidos 261,4 milhões de tablets.