Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Venda de smartphones cresce na África e Oriente Médio impulsionada pelos celulares baratos

De acordo com análise internacional, 155 milhões de unidades serão adquiridas até o fim do ano

Por Da Redação 27 jul 2015, 19h51

O mercado de smartphones cresceu 66% no primeiro trimestre de 2015 na África e no Oriente Médio e o número de celulares deve chegar a 155 milhões até o fim do ano. Os dados, da empresa de análises americana International Data Corporation (IDC), divulgados em julho, revelam como aparelhos de baixo custo estão impulsionando o comércio na área e possibilitando que mais pessoas tenham acesso a celulares e redes de internet.

Leia também:

Esta pode ser a união da Blackberry com o Android

Pesquisa confirma: brasileiros começam a trocar a televisão por dispositivos móveis

Empresas de celulares, como Google e Microsoft, têm investido em aparelhos a preços baixos, entre 100 e 200 dólares, que respondem pela maior fatia do mercado. Essa estratégia começou em 2011 quando a Safaricom, empresa de telefonia do Kenya, lançou o Huawei Ideos com sistema Android a 100 dólares.

Atualmente, as duas empresas responsáveis pelo crescimento nas vendas são o Google e a Apple que, juntos, serão responsáveis por 95% das vendas de celulares. Os aparelhos com sistema Android e acesso à internet, mais baratos em todo o mundo, são os mais procurados.

(Da redação)

Continua após a publicidade
Publicidade