Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Usuários do Galaxy S5 poderão usar digitais para fazer compras no Brasil

Novo recurso substitui uso de senha para autorizar transações em sites de e-commerce e lojas físicas por meio do PayPal

Os brasileiros que comprarem um Galaxy S5 a partir do próximo dia 11 de abril, data oficial de lançamento do smartphone no país, poderão autorizar pagamentos com o uso das digitais, em vez da tradicional senha. O novo smartphone inclui um sensor de digitais e a Samsung fez uma parceria com o PayPal para viabilizar os pagamentos on-line. O Brasil está entre os primeiros 26 países onde a tecnologia estará disponível.

Leia também:

Confira 7 recursos que se destacam no Galaxy S5

Novo Galaxy S5 supera iPhone 5S. Por pouco

Para usar o recurso, além de ter o novo smartphone da Samsung, o usuário precisa se cadastrar no PayPal e baixar o aplicativo gratuito por meio do Google Play. Ele funciona como uma carteira virtual, onde ficam armazenados os dados de cartões de crédito e de débito. Seja qual for a forma de pagamento escolhida, basta digitar a senha do PayPal para autorizar o pagamento. Agora, a biometria será mais uma forma de confirmar uma transação.

O smartphone da Samsung é o primeiro a ter um leitor de digitais compatível com o padrão de autenticação FIDO (identidade rápida on-line, na sigla em inglês). Ele verifica as digitais do usuário no próprio aparelho e envia uma confirmação criptografada para o PayPal pela internet. O PayPal completa a transação, sem exigir o envio das digitais pela internet – o que poderia expor os dados do usuário à interceptação.

No Brasil, o aplicativo do PayPal permite comprar produtos em sites de varejo, como Ponto Frio e Casas Bahia, além de passagens aéreas da Gol. “Já é possível também usar o aplicativo para comprar em lojas físicas, como em três unidades do Suplicy Cafés Especiais”, diz Fernando Pantaleão, diretor geral do PayPal para o Brasil. A plataforma de pagamentos tem 143 milhões de contas ativas em todo o mundo e 2,7 milhões de clientes no Brasil.

Além do Galaxy S5, o iPhone 5S também oferece leitor de digitais. Ele permite substituir a senha na hora de desbloquear a tela e também autorizar compras de apps, livros, músicas e outros conteúdos da iTunes Store. A empresa estuda permitir o uso das digitais para autenticar pagamentos em aplicativos de terceiros. “É uma grande oportunidade”, disse Tim Cook, CEO da Apple, no final de janeiro.