Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Twitter encerra 2013 com prejuízo de US$ 645 milhões

Apesar das perdas, a receita líquida ficou em 242,7 milhões de dólares nos três meses encerrados em dezembro, superando as estimativas; crescimento lento do número de usuários deixa mercado apreensivo

Por Da Redação 5 fev 2014, 20h09

O Twitter encerrou 2013 com prejuízo de 645 milhões de dólares – perda oito vezes maior do que a registrada em 2012. Apenas no quarto trimestre do ano passado, o resultado ficou negativo em 511,5 milhões de dólares. Apesar do prejuízo, o valor ficou dentro das estimativas dos analistas, segundo a Reuters. Trata-se do primeiro resultado trimestral do site de microblog desde sua abertura de capital na Bolsa de Nova York, em novembro do ano passado.

A receita líquida ficou em 242,7 milhões de dólares nos três meses encerrados em dezembro, superando as estimativas que apontavam resultado de 217 milhões de dólares. A alta em relação a 2012 é de 116,2%.

Leia também:

Valor do Twitter chega a US$ 26 bi na estreia na Bolsa de Valores de Nova York

A maior parte da receita do período (220 milhões de dólares) veio da publicidade, alta de 121% em relação a 2012. A propaganda em dispositivos móveis, sobretudo em smartphones, representou 75% do faturamento publicitário. Entre outubro e dezembro, tal fonte de receita subiu 76% em termos anualizados.

O impacto negativo dos números é mitigado se for eliminado o impacto das despesas financeiras, amortizações, impostos e desvalorização cambial. Sem levar em conta essas despesas, o Twitter teria quase quadruplicado sua receita em 2013 e teria moderado suas perdas, que seriam de 34 milhões de dólares. A empresa teria, inclusive, gerado lucro de 9 milhões de dólares no último trimestre do ano.

Continua após a publicidade

Leia também:

George Clooney dispara contra o Twitter e as redes sociais

Twitter lança linha do tempo personalizada

Mais que o resultado financeiro, o mercado se mostrou apreensivo com o lento crescimento do número de usuários – de apenas nove milhões no último trimestre na comparação com o período imediatamente anterior. O Twitter fechou 2013 com 241 milhões de usuários mensais ativos, 30% a mais que em 2012 – e 76% acessam a rede social por dispositivos móveis, smartphones ou tablets.

As ações do Twitter fecharam em queda de 0,53%, a 65,97 dólares. Contudo, nas negociações pós-pregão, que devem impactar o preço da ação na quinta-feira, a queda era de 17,67%, a 54,31 dólares.

(Com EFE)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês