Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

TED convida professores a enviar suas melhores aulas

Nova iniciativa, batizada de TED-Ed, pretende capturar e amplificar a voz dos melhores professores do mundo

O TED, famosa conferência anual organizada com o lema “Ideias que valem a pena divulgar”, acaba de ganhar um irmão: o TED-Ed, voltado para educação acessível e gratuita. A Sapling Foundation, fundação sem fins lucrativos que organiza o TED, anunciou nesta segunda-feira um projeto de colocar aulas curtas – de aproximadamente 10 minutos – no YouTube, para que qualquer pessoa possa possa usufruir das lições.

Professores estão sendo convidados a enviar suas melhores aulas. Depois que uma aula for aceita, a equipe do TED-Ed trabalhará com esse professor para refinar a aula e fazer com que ela tenha até 10 minutos. Depois, ela será gravada e enviada a uma equipe de animação que irá ilustrar os conceitos mencionados – ilustradores também estão convidados a participar.

Quando o vídeo estiver pronto, a aula será acrescentada ao canal do TED-Ed no YouTube (vídeos em em inglês). Qualquer pessoa pode indicar um professor, uma aula ou um animador. Nesse lançamento, o canal do YouTube tem exemplos de vídeos finalizados. Eles tratam de temas como vida extraterrestre e simbiose.

“O TED-Ed pretende capturar e amplificar a voz dos melhores professores do mundo”, diz vídeo de divulgação do projeto. “Queremos que todas as pessoas que se interessam por educação nos ajudem a encontrar esses professores, capturar e difundir suas aulas.”

Histórico – O TED convida palestrantes renomados a dar palestras didáticas de até 20 minutos sobre suas áreas de conhecimento. A primeira conferência aconteceu em 1984 e o evento passou a ser anual em 1990. O maior salto de visibilidade, porém, foi em 2006 quando as palestras passaram a ser disponibilizadas no site do TED.

Atualmente, o site conta com 1.174 palestras – diversas com legendas em português – que já foram vistas mais de 500 milhões de vezes. É possível assistir a pesquisadores da Universidade de Harvard ou do Massachusetts Institute of Technology (MIT) falando sobre temas como tecnologia, economia comportamental, design e educação.

Acervo digital VEJA: O mundo de um novo ângulo