Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Tectoy aposta em saudosismo com relançamento do Mega Drive

Aparelho que fez sucesso nos anos 90 será vendido com joystick e 22 jogos, entre eles clássicos da Sega, como Sonic; preço na pré-venda é de 399 reais

A Tectoy anunciou nesta semana o relançamento no Brasil do console de videogames Mega Drive, um sucesso da década de 1990. A empresa aposta no saudosismo de fãs que convivem hoje com tecnologias de jogos alta definição e realidade virtual.

“Tem uma série de consumidores da década de 1990 que tiveram sua infância marcada por produtos, e o Mega Drive foi muito marcante”, disse o presidente do conselho da Tectoy, Stefano Arnhold, acrescentando que o relançamento buscou atender a uma demanda levantada pelos próprios fãs. “É mais uma coisa afetiva, não tanto o apelo da tecnologia”, comentou.

O console será produzido em edição limitada nas instalações da Tectoy em Manaus. No entanto, as primeiras unidades devem ser entregues somente a partir de junho de 2017. O aparelho foi desenvolvido pela japonesa Sega, que deixou de produzir consoles no início dos anos 2000.

A Tectoy encerrou 2015 com prejuízo de 35,6 milhões de reais. Segundo laudo de avaliação publicado no site da companhia em junho, a empresa tinha uma expectativa de gerar receitas de 439.000 reais com a área de games neste ano e de 526.000 reais em 2017.

Segundo Arnhold, “seria muito arriscado” fazer estimativas de venda do Mega Drive devido às dificuldades técnicas para a produção de um produto antigo em um setor que evoluiu tanto como o de videogames. Há também incerteza sobre o comportamento da demanda, uma vez que o aparelho visa a um nicho muito específico do público, afirmou.

A empresa não divulgou dados sobre investimento no Mega Drive, mas Arnhold afirma que o novo projeto é prioridade para o momento. “Estamos muito concentrados em fazer deste um grande produto”, disse ele.

O aparelho será vendido pela Tectoy com joystick e 22 jogos que incluem clássicos da Sega como Alex Kidd e Sonic. O preço do console na pré-venda é de 379 reais.

(Com Reuters)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Felipe Atoline

    Legal. Façam uma entrada para cartão SD para se gravar o “continue” dos jogos e será um sucesso. Nada a ver com usar ROM baixado pela internet ok? Ninguém está falando sobre abandonware!

    Curtir

  2. Bom saudosismo, mas muito caro, ainda mais que não tenho “melhoramento” algum. E depois já tenho emulador no meu celular e é melhor que o original… Além de agora ter todos os jogos, dar para transmitir do cel pra minha tv, usar qualquer controle e ainda salvar o estado do game exatamente onde parei.

    Curtir