Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Tecnologia da Microsoft cria no PC avatar 3D de usuário

Programa apresentado a cientistas em feira da gigante do software captura expressões faciais e as reproduz em três dimensões

Por Filipe Vilicic Atualizado em 24 Maio 2016, 16h15 - Publicado em 10 mar 2011, 17h01

“No futuro muito próximo, conseguiremos colocar esse avatar na internet e ele poderá interagir com outras pessoas por meio de nossos comandos, exatamente como naqueles hologramas do filme Guerra nas Estrelas” – Lijuan Wang, engenheira que participou do projeto

Nesta semana, a gigante do software Microsoft apresentou à comunidade científica mundial algumas de suas principais inovações no TechFest 2011, evento realizado na cidade de Redmond, em Washington, onde fica o quartel-general da empresa. O objetivo do encontro, encerrado nesta quinta-feira, é apresentar tecnologias de ponta que, no futuro, após serem assimiladas pela indústria, farão parte de nossa rotina em áreas tão variadas como saúde e entretenimento. VEJA é o único veículo de imprensa da América Latina que teve acesso ao encontro.

Leia também:

Leia também: programa cria, no PC, avatar tridimensional de usuário

Um dos principais destaques da feira é o projeto 3D Photo-Real Talking Head. A tecnologia permite a reprodução virtual em três dimensões do rosto e das expressões de uma pessoa: para isso, basta que ela se coloque diante de uma câmera ligada ao PC. O programa captura os movimentos, depois imitados pela Talking Head. A “cabeça virtual” também pode falar. Basta digitar um texto no programa (por ora, em inglês) e o avatar o declama na tela do PC.

“No futuro muito próximo, conseguiremos colocar esse avatar na internet e ele poderá interagir com outras pessoas por meio de nossos comandos, exatamente como naqueles hologramas do filme Guerra nas Estrelas“, diz a engenheira Lijuan Wang, que participou do projeto. “Já temos tecnologia para isso, só falta torná-la mais viável comercialmente.”

No vídeo a seguir, o engenheiro carioca Rico Malvar, cientista-chefe da Microsoft Reasearch, explica como funciona a Talking Head.

Continua após a publicidade

Publicidade