Clique e assine a partir de 9,90/mês

Tablets com Android avançam, mas iPad continua a liderar vendas nos EUA

Categoria de tablets cresceu 49% nos EUA em relação ao ano passado, de acordo com o NPD Group

Por Da Redação - 29 dez 2013, 12h25

As vendas de tablets com sistema operacional Android cresceram mais de 160% nos Estados Unidos ao longo de 2013. De acordo com novo estudo da consultoria NPD Group, a participação da plataforma do Google no mercado de computadores mais que dobrou no período, passando de 4,2% em novembro de 2012 para 8,7% em novembro de 2013.

Leia também:

Sensor permite controlar PCs e Macs com gestos

Fundador da Dell diz que empresa não é mais só de PCs

Continua após a publicidade

O crescimento nas vendas de tablets com Android, no entanto, ainda está longe de ameaçar os modelos do iPad, da Apple, no mercado americano. No último ano, o iPad perdeu apenas 1,3% do mercado no período e agora responde por 15,8% das vendas. No mercado de tablets, isoladamente, a participação de mercado da Apple chega a 59%.

De acordo com o NPD Group, 14,4 milhões de aparelhos – entre eles computadores de mesa, notebooks e tablets – foram vendidos nos Estados Unidos no período analisado. O volume total de computadores de mesa cresceu 8,5% no período, o de notebooks foi 28,9% maior, e a categoria dos tablets foi a que apresentou maior crescimento: 49% em relação a 2012.

Os tablets com Windows 8, da Microsoft, continuam na lanterna no mercado, representando apenas 2,2% das vendas. Apesar disso, a Microsoft conseguiu quase triplicar sua participação no mercado em relação ao final de 2012, quando a nova versão do sistema operacional, otimizada para tablets, foi lançada.

Computadores – Embora apenas um modelo tenha chegado ao Brasil em 2013, os notebooks com sistema operacional Chrome OS, do Google, se destacaram no mercado americano, de acordo com o estudo. A categoria, que inclui modelos da Samsung e da Acer, representou 21% das vendas de notebooks ao longo do ano.

Continua após a publicidade

Entre os fabricantes, o NPD Group ainda coloca a HP em primeiro lugar em vendas de computadores, com crescimento de 4,9% em relação ao ano passado. A segunda colocada no ranking, a Lenovo, aumentou suas vendas em 24%, mas a presença tímida no mercado de tablets, manteve a participação de mercado da empresa praticamente a mesma de 2013. Apple e Samsung fecharam o ano com 16,1% e 10% das vendas nos EUA, respectivamente.

“Os computadores com Windows não estão mortos, e a HP e Lenovo continuam comprometidas com a categoria. No longo prazo, no entanto, haverá uma diversidade cada vez maior de dispositivos e essas fabricantes terão que abraçá-los para continuar a crescer”, diz a consultoria NPD Group, em comunicado.

Publicidade