Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Rastreador de Namorado: um app para descobrir traição

Aplicativo para smartphones foi desenvolvido por um programador de São Paulo e já foi baixado mais de 110.000 vezes

Você desconfia que está sendo traída ou traído pelo cônjuge e decide, então, instalar um aplicativo no celular do par para descobrir se aquele catchup não era batom e se aquele cinema com as amigas não era, na verdade, um jantar romântico. A ideia pode parecer absurda, mas um programa para Android promete acabar com a festa dos infiéis e, de quebra, com a privacidade de qualquer pessoa.

Batizado Rastreador de Namorado, o app foi desenvolvido por um paulistano de 27 anos. A inspiração veio de um amigo, também programador, que estava cansado de ouvir das colegas reclamações sobre traições. Foi daí que o desenvolvedor teve a ideia de criar um aplicativo para resolver o problema.

O programa é gratuito e, quando instalado, permite a um dos parceiros monitorar os passos de uma pessoa. O desconfiado recebe uma cópia de todos os SMS enviados a partir daquele smartphone, além de ter acesso à localização geográfica do número e aos dados de ligações efetuadas, como número discado e duração.

Leia também:

As redes sociais feitas para trair

Apesar de contraditório, Danilo Neves Cruz, o programador por trás da aplicação, garante que recomenda aos usuários instalar o aplicativo apenas com o consentimento do cônjuge. “Algumas pessoas falam que esse aplicativo é coisa de neurótico, mas não nos preocupamos. Oferecemos a ferramenta e as pessoas a utilizam como acharem melhor”, diz o programador.

A versão disponível no Play, a loja de aplicativos do Google, não permite que o programa seja escondido no celular da “vítima”. No entanto, os usuários têm como opção assinar uma atualização no valor de quatro reais mensais para receber no celular o recurso para ocultar o programa.

Segundo Cruz, mais de 110 000 pessoas já baixaram o app (todas as versões) nos celulares de seus respectivos. Ninguém, porém, admitiu ter flagrado uma traição graças ao controverso programa. A explicação é simples, de acordo com o programador: “As pessoas não gostam de espalhar por aí quando são cornas.”