Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Os cinco maiores desafios da ‘nova Microsoft’

Gigante anuncia maior corte de pessoal da sua história. Agora, precisa fazer mudanças, como avançar no mundo móvel e unificar versões do Windows

Cinco meses após assumir a Microsoft, Satya Nadella, novo CEO da empresa, iniciou nesta quinta-feira seu projeto de reestruturação. Após a conclusão da compra da Nokia, ele anunciou o maior corte de pessoal da história da empresa: 18.000 dos 127.000 funcionários em todo o mundo serão desligados até 2015.

Leia também:

Com novo CEO, Microsoft tem que encarar mundo pós-PC

Microsoft anuncia maior corte de pessoal de sua história: 18.000 serão demitidos

O corte de pessoal era, de certa forma, previsto pelos analistas de mercado. Em carta enviada aos funcionários, na última sexta-feira, Nadella sinalizou mudanças estruturais prestes a acontecer. “Para entregar as experiências que nossos consumidores precisam, nós vamos modernizar nosso processo de engenharia para nos tornarmos obcecados pelos consumidores, direcionados pelos dados, ágeis e focados em qualidade”, escreveu Nadella.

A redução de 14% do pessoal ainda deixará a Microsoft com 109.000 funcionários em todo o mundo, o que significa 10.000 postos de trabalho a mais do que a empresa tinha antes de comprar a Nokia. Essa equipe será submetida a uma série de mudanças planejadas por Nadella para afastar da Microsoft o risco da “irrelevância” nos próximos anos. Para isso, contudo, é imperativo vencer importantes desafios. Confira, na lista abaixo, os principais: