Clique e assine a partir de 9,90/mês

Novos tablets da linha Kindle Fire, da Amazon, são três vezes mais rápidos do que antecessores

Dispositivos da gigante americana de varejo eletrônico são apresentados com telas de 7 e 8,9 polegadas

Por Da Redação - 25 set 2013, 15h21

A Amazon, gigante americana do varejo on-line, anunciou nesta quarta-feira dois novos modelos de seu tablet, o Kindle Fire, com telas de 7 e 8,9 polegadas de alta definição. Segundo a companhia, os aparelhos, agora conhecidos como Kindle Fire HDX, são três vezes mais rápidos do que as versões anteriores do produto e possuem o dobro da memória – especialmente útil na execução de jogos e aplicativos.

Leia também:

CEO da Amazon compra o jornal ‘Washington Post’

Amazon pode distribuir seu smartphone gratuitamente

Amazon inicia operação no Brasil e lança Kindle por R$ 299

Com a exceção da tela, os dois novos dispositivos possuem as mesmas características de hardware, com um processador de quatro núcleos com 2,2 GHz e 2 GB de RAM. O sistema operacional é o Android, do Google, em sua versão 4.2.2. O Fire HDX traz ainda uma câmera traseira com 8 megapixels.

A versão básica do modelo de 7 polegadas, com 16 GB de armazenamento, Wi-Fi e exibição de anúncios da loja virtual, custa 229 dólares. A versão completa, com 64 GB e capacidade de se conectar às redes 4G, sai por 424 dólares. A mesma regra vale para o dispositivo com tela de 8,9 polegadas, que começa com o preço de 379 dólares, podendo chegar a 594 dólares – de acordo com a configuração escolhida.

O Kindle Fire HD, com tela de 7 polegadas, continua a ser comercializado pela Amazon, mas seu preço caiu de 199 dólares para 139 dólares. A estratégia da companhia é clara nesse ponto. Ela favorece a venda de eletrônicos por um preço bem mais em conta do que a concorrência, o que acaba garantindo o consumo de seus serviços on-line. Por exemplo, o iPad mini mais simples, com tela de 8,9 e 16 GB de memória, é vendido pela Apple por 329 dólares.

Continua após a publicidade
Publicidade