Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Nova geração do Moto E tem tela maior e opção de 4G

Aparelho chega ao mercado em quatro versões, de R$ 569 a R$ 729

A Motorola anunciou nesta quarta-feira o lançamento da segunda geração de seu smartphone de baixo custo Moto E. Disponível no Brasil e em outros 49 países a partir do fim de semana, o aparelho chega ao mercado em quatro versões, uma com 3G e outras três compatíveis com 4G. Os preços variam de R$ 569 a R$ 729.

Segundo a companhia, a ideia é permitir que os consumidores que não podem ou não querem gastar muito dinheiro com smartphone possam navegar em uma rede mais rápida. A versão mais simples com 4G vem com 8 GB de armazenamento pelo preço de R$ 649 e a mais completa, com 16 GB e TV digital, custa R$ 729.

Leia também:

Vídeo: Motorola renova receita de sucesso do Moto G

Em comparação ao modelo anterior, o novo Moto E ganhou uma tela maior (de 4,3 polegadas foi para 4,5), uma câmera frontal VGA para selfies, e, de acordo com a Motorola, uma bateria mais duradoura capaz de aguentar até 24 horas de uso. Todas as versões vêm com o mais recente software Android, o Lollipop, e são compatíveis com dois chips.

A Motorola também promete uma melhoria na velocidade e no desempenho do aparelho. O novo Moto E carrega um processador Qualcomm Snapdragon 400 rodando quatro núcleos em 1,2 GHz enquanto o da versão anterior, o Qualcomm Snapdragon 200, possuía apenas dois núcleos. No Brasil, as vendas dos aparelhos, disponíveis nas cores preta ou branca, serão feitas em lojas online, em quiosques e no site da Motorola.