Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

No Twitter, aplausos para Neymar e Thiago Silva; vaias para Daniel Alves

Corneteiro Digital mede número de citações a jogadores e revela humor de torcedores

Por Rafael Sbarai 23 jun 2014, 19h10

A vitória da seleção brasileira por 4 a 1 sobre Camarões, nesta segunda-feira, e a consequente classificação para as oitavas de final da Copa do Mundo animaram os usuários brasileiros do Twitter. Durante a partida, realizada no Estádio Nacional Mané Garrincha, no Distrito Federal, Neymar – autor de dois gols – e Thiago Silva foram os mais elogiados. Já Daniel Alves, o mais “cornetado”. É o que revelam os dados do Corneteiro Digital, ferramenta do site de VEJA que exibe em tempo real o sentimento dos torcedores durante os jogos da competição.

Leia também:

Após disputa no Castelão, torcida brasileira domina capital

Brasil não escolhe. Se pudesse, talvez preferisse Holanda

Para impedir catástrofe, o Brasil aprova a tensão do 3º jogo​

Continua após a publicidade

Entre as mensagens publicadas entre 18h e 19h, período que cobre a realização do segundo tempo da partida, 78,4% dos tuítes em português relativos a Thiago Silva eram favoráveis ao zagueiro. No caso de Neymar, autor dos dois primeiros gols do Brasil, a porcentagem de mensagens positivas chegou a 74%.

No mesmo período, as “vaias digitais” foram divididas entre Daniel Alves e o técnico Luiz Felipe Scolari. Enquanto o lateral do Barcelona recebeu 69,2% dos tuítes negativos, a reprovação a Felipão chegou a 76% – muitos usuários pediram as entradas de Hernanes e Bernard no jogo. Neymar foi o campeão de mensagens em um curto espaço de tempo. Durante os três minutos após o segundo gol brasileiro, mais de 180.000 tuítes eram relativos ao atleta.

O Corneteiro Digital – parceria entre VEJA.com, Twitter e a empresa argentina de desenvolvimento de software de mídia social Flowics – exibe números a partir da análise de todos os tuítes públicos dos usuários do microblog em língua portuguesa. Para chegar aos resultados, as mensagens foram analisadas por um programa “treinado” por jornalistas de VEJA.com.

https://storify.com/veja/brasil-4-x-1-camar-es/embed?border=false

Continua após a publicidade
Publicidade