Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Não é justo’, diz executivo da Sony sobre PS4 por R$ 4 mil

Mark Stanley, vice-presidente da Sony Computer Entertainment para América Latina, afirma que a missão da companhia é baixar o exorbitante preço do console no Brasil. Ele só não disse como a empresa pretende fazer isso

Mark Stanley, vice-presidente da Sony Computer Entertainment para a América Latina e responsável pela marca PlayStation na região, se pronunciou – e desta vez pessoalmente, não no blog da companhia – sobre o exorbitante preço no Brasil do PlayStation 4, que chegará ao país por 4 000 reais. “Esse preço não está correto e isso não é justo. Não descansaremos enquanto o PS4 não for acessível para todo jogador brasileiro”, garantiu o executivo.

Leia também:

Sony culpa impostos por PS4 a 3.999 reais no Brasil

PS4 vale dois Fuscas 80, dois Xbox One ou três iPads mini

Stanley veio ao país para participar da Brasil Game Show, feira que acontece entre 26 e 29 de outubro no Expo Center Norte, em São Paulo. Na apresentação pré-evento, o porta-voz reconheceu o quão absurdo é oferecer um console tão caro e afirma ser missão da Sony buscar alternativas para reduzir o preço no país. Ele só não adiantou como isso deve ocorrer, já que a multinacional alega que o culpado são os altos impostos de importação.

Além de responder formalmente às críticas dos consumidores brasileiros em relação aos 4 000 reais do PS4, a Sony também aproveitou o encontro com varejistas, produtores e imprensa para anunciar futuros games – a maioria dublada para o português – e um programa de incubação para desenvolvedores independentes, com mentoria da companhia, mas não financiamento.

Lançamentos – O canadense Adam Boyes, responsável pelas parcerias entre a Sony e as produtoras de jogos, foi quem anunciou os principais títulos que serão lançados no Brasil nos próximos meses. Watch Dogs e Assassin’s Creed 4 Black Flag, ambos da Ubisoft, e The Order: 1886, Infamous: Second Son e Killzone: Shadow Fall, todos exclusivos para PlayStation 4, estão entre os destaques.

Anderson Gracias, gerente-geral da divisão PlayStation no Brasil, oficializou o serviço de assinatura PlayStation Plus, que além de descontos na compra de jogos, traz recursos como armazenamento na nuvem e download automático de atualizações de games. Os valores da Plus no país variam de 19,99 (plano mensal) a 100 reais (plano anual).

O evento teve ainda a presença de Viviane Senna, presidente do Instituto Ayrton Senna. Ela e Stanley anunciaram uma parceria global que se dará por meio de uma edição especial do simulador de corrida Gran Turismo 6. Os usuários poderão jogar com o piloto Ayrton Senna e reviver toda sua trajetória desde o início da carreira. Parte das vendas do jogo será repassada para o instituto presidido por Vivane. “Não há ninguém que represente mais o Brasil do que o Senna”, afirmou o executivo sobre a parceria.

A Sony disponibilizará na Brasil Game Show estações com PlayStation 4 para teste. Esta será a primeira vez que os consumidores brasileiros terão acesso ao videogame da nova geração, que será lançado no país em 29 de novembro.