Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Microsoft volta atrás e dá boas-vindas a games independentes

Companhia oferece kits gratuitos de desenvolvimento para encorajar comunidade 'indie' a produzir jogos para novo console

Depois de ignorar os desenvolvedores independentes no anúncio do Xbox One, em maio, a Microsoft decidiu voltar atrás e demonstrar apreço pela comunidade, acolhida prontamente pela concorrente Sony e seu PlayStation 4. A empresa americana divulgou nesta terça-feira, às vésperas da Gamescom, maior feira de games da Europa, um programa de incentivo à produção de games independentes para seu próximo console.

Para encorajar a comunidade de programadores e designers, a Microsoft oferecerá kits gratuitos de desenvolvimento de jogos. A proposta faz parte de um programa maior chamado ID@Xbox, que permite a publicação de games para a plataforma da empresa. O kit equivalente para Xbox 360 (hardware e software) custa, aproximadamente, 10.000 dólares.

Leia também:

Os jogos mais vendidos no Brasil para Xbox 360

A decisão da Microsoft de facilitar a vida dos desenvolvedores e incentivá-los a criar títulos para o seu videogame é uma tentativa de virar o jogo, uma vez que a rival Sony é vista como empresa mais amigável aos olhos da comunidade independente. Durante a E3, a empresa japonesa dedicou parte de sua apresentação para falar da importância dos “indie games” para o PlayStation 4. A companhia fundada por Bill Gates, evidentemente, não quis ficar para trás.

Em entrevista à rede britânica BBC, o analista Ed Barton, da Strategy Analytics, afirmou que a Microsoft precisa levar a sério esse setor do mercado. “Ninguém sabe quando surgirá o próximo Minecraft �- título indie que já vendeu mais de 20 milhões de unidades”, diz o especialista. Embora os jogos independentes não representem uma parcela considerável nas vendas de jogos em todo mundo, esses títulos garantem prestígio às plataformas e, de quebra, ganham destaque na imprensa especializada.