Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Microsoft terá laboratório avançado no Brasil

Companhia vai investir 200 milhões de reais em projeto no Rio

A Microsoft anunciou nesta terça-feira o investimento de 200 milhões de reais no seu primeiro centro de tecnologia avançada no Brasil. Os recursos serão usados para restaurar o edifício Barão de Mauá, na zona portuária do Rio de Janeiro, que será sede do Microsoft Research, além de auxiliar na contratação de cerca de 100 profissionais (pesquisadores, técnicos e cientistas) e garantir o financiamento de 15 startups nacionais. Cada uma dessas pequenas empresas receberá um aporte de 1 milhão de reais durante o período de dois anos.

Leia também:

Microsoft anuncia aposentadoria do Messenger

Microsoft planeja lançar smartphone próprio, diz WSJ

“Esperamos estimular o fluxo de conhecimento entre as equipes de pesquisa da Microsoft, universidades locais, empresas emergentes e o mercado brasileiro, transformando a cidade do Rio de Janeiro em um polo tecnológico de grande efervescência”, disse Michel Levy, presidente da Microsoft no Brasil. O laboratório será o quarto da empresa no mundo, e concentrará esforços na aplicação de soluções científicas para o mercado corporativo do país.

Segundo o ministro de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, a companhia terá apoio total dos instrumentos de crédito do governo federal para inovação e fomento a start up, fornecidos pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). “Esses planos muito ambiciosos da Microsoft chegaram em ótima hora para o Brasil, porque estamos atrasados na inovação tecnológica, mas já dispomos de capital humano qualificado de forma a avançar processos e temos pressa”, disse o ministro.

(Com agências)