Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Micro-ondas do futuro poderá contar calorias dos alimentos

Protótipo desenvolvido por pesquisador da GE mapeia prato de comida e envia resultado para smartphone

Já existem relógios e pulseiras inteligentes que estimam o gasto calórico de seus usuários com base nas atividades físicas realizadas ao longo do dia. Agora, pesquisadores da GE desenvolveram uma tecnologia que estima as calorias presentes no prato de comida – e que poderá ser incorporada aos novos modelos de fornos de micro-ondas no futuro.

Leia também:

Vessyl: o copo que promete ajudar a emagrecer

HomeKit pode fazer do iPhone o coração da casa inteligente

Por enquanto, a tecnologia só funciona quando a comida é apresentada como uma mistura homogênea. Uma nova versão do dispositivo, que ainda está em fase de desenvolvimento, poderá determinar as calorias de um prato de comida tradicional, com feijão, arroz, carne e legumes apresentados separadamente. Ao final da medição, o dispositivo envia os dados para um aplicativo de smartphone.

A nova tecnologia foi criada por Matt Webster, cientista especializado em diagnóstico de imagem e tecnologias biomédicas da GE. Em entrevista ao site da revista Technology Review, ele explica que o dispositivo poderá ser incorporado aos fornos de micro-ondas do futuro, mas também a novas versões de diversos eletrodomésticos utilizados na cozinha.

As medições são baseadas em dados nutricionais de 6.500 alimentos oferecidos pelo departamento de agricultura dos Estados Unidos. A tecnologia funciona a partir da emissão de micro-ondas de baixa intensidade que atravessam a porção de comida. O sistema identifica como essas ondas são afetadas pela quantidade de gordura e água presente nos alimentos. O sistema leva até dois segundos para exibir a quantidade de calorias na tela do celular do usuário.