Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Loja do Google inicia venda de livros e filmes no Brasil

Play disponibiliza títulos em português e vídeos que podem ser assistidos até sem conexão internet. Data coincide com chegada da Amazon no país

O Google iniciou nesta quinta-feira a comercialização de livros e filmes em sua loja virtual no Brasil, o Google Play – antes o serviço vendia apenas aplicativos e jogos relativos aos aparelhos com o sistema operacional da empresa, o Android. Será o primeiro país da América Latina a ter acesso ao serviço: hoje, dez nações já apresentam a seus usuários essa mesma seção. A data coincide com o pontapé inicial da Amazon no Brasil, que está disponibilizando ao público brasileiro mais de 1,4 milhão de obras digitais em seu site em português, além de colocar à venda seu leitor digital, o Kindle, por 299 reais.

Sem informar o número de obras disponíveis para compra, o Google garante que já existem milhares de títulos em português de grandes escritores brasileiros como Luís Fernando Veríssimo, Laurentino Gomes e Diogo Mainardi. Caso o usuário esteja interessado em títulos internacionais, também poderá encontrar livros da série Cinquenta Tons de Cinza, Jogos Vorazes ou A Guerra dos Tronos.

Ao adquirir o livro no Google Play, o usuário será direcionado a um aplicativo de leitura (o Play Livros), que estará disponível na plataforma Android. Este programa funcionará como uma estante virtual. Lá estarão todos os livros comprados ou baixados gratuitamente pelo usuário – com a marcação da página onde a leitura foi interrompida. O aplicativo também pode ser usado em dispositivos com sistema operacional iOS (Apple), sendo compartilhada nos dispositivos móveis iPhone e iPad, além do próprio computador do usuário.

Em parceria com os principais estúdios internacionais, o Google também disponibiliza a seus usuários filmes em dois formatos: aluguel e compra. Segundo a companhia, quem aderir ao modelo de locação terá 30 dias para assistir ao filme. Para visualizá-los, o usuário terá a opção de assistir por streaming, sem precisar baixa-los, ou fazer o download, caso queira assistí-lo sem conexão à internet.

(Com Estadão Conteúdo)