Clique e assine a partir de 9,90/mês

Lenovo avalia compra da BlackBerry

Com aquisição, empresa chinesa poderia expandir sua presença no setor de dispositivos móveis

Por Da Redação - 18 out 2013, 18h21

A chinesa Lenovo está avaliando quais seriam os benefícios da aquisição da fabricante canadense de smartphones BlackBerry, de acordo com uma matéria publicada nesta sexta-feira no jornal americano The Wall Street Journal. Fontes da publicação afirmam que a companhia especializada no desenvolvimento de eletrônicos ainda não elaborou uma proposta, mas que demonstra interesse em expandir sua presença no setor de dispositivos móveis.

Leia também:

Empresa faz proposta de US$ 4,7 bilhões para comprar BlackBerry

BlackBerry tem prejuízo de quase 1 bilhão de dólares

Fabricante do celular BlackBerry muda nome para… BlackBerry

Em setembro, a BlackBerry recebeu uma carta de intenção de compra da Fairfax Financial Holdings, empresa que atua no mercado de seguros e produtos financeiros nos Estados Unidos, com uma proposta de 4,7 bilhões de dólares. O valor não agradou os investidores, que iniciaram no começo de outubro uma busca por novos pretendentes – como Google e Samsung.

Criada em 1998, a empresa já foi conhecida como a principal fabricante de smartphones do planeta, chegando a valer mais de 100 bilhões de dólares em 2007. Apesar do sucesso no setor corporativo, ela não teve fôlego para acompanhar a demanda dos usuários em geral por aparelhos mais acessíveis e inovadores.

Fernando Belfort, analista da consultoria Frost & Sullivan, acredita que uma das soluções viáveis para o problema seria a volta ao mercado corporativo – a especialidade da companhia. “A Blackberry colocou muito esforço no segmento de produtos para o consumidor em geral, mas sabemos que são poucas as empresas conseguem fazer isso com sucesso. Concentrar esforços no setor empresarial é o que ela precisa para voltar a crescer.”

Continua após a publicidade
Publicidade