Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Kindle, e-reader da Amazon, começa a ser vendido no Brasil

Dispositivo é comercializado na internet e em uma loja física - no valor de R$ 299

Duas semanas após revelar o início das operações no país, a Amazon, maior varejista eletrônica do mundo, começou a vender no Brasil seu leitor digital, o Kindle. Nesta quarta-feira, o dispositivo móvel já pode ser adquirido no site do Ponto Frio e nas lojas físicas da Livraria da Vila em São Paulo e Campinas por 299 reais – nos Estados Unidos, o mesmo aparelho custa 69 dólares (aproximadamente 145 reais).

Leia também

Confira aqui a lista dos livros mais vendidos de VEJA

Amazon acerta com princiais editoras brasileiras

O modelo de Kindle disponível no país é o mais simples, com tela de seis polegadas, conexão Wi-Fi, 2GB de armazenamento – comportando assim 1.000 livros eletrônicos – e a tecnologia e-ink, recurso de tinta eletrônica de aparência semelhante a uma folha de papel. A carga de bateria do leitor digital pode chegar a um mês com a opção de Wi-Fi desligada.

Livraria on-line: A versão em português do site oficial da empresa, por ora, permite apenas a compra de livros digitais – nos Estados Unidos, a Amazon vende outros itens, como eletrônicos, roupas e produtos do setor automotivo.

Ao todo, são mais de 1,4 milhão de e-books agora disponíveis aos brasileiros com preços em reais, incluindo mais de 13.000 títulos em português. Há mais de 1.500 livros gratuitos em português disponíveis também para download. Segundo a empresa, 49 dos 60 livros mais vendidos (de acordo com lista publicada semanalmente nas edições impressas de VEJA) já estão disponíveis para leitura.

Leia também

“Qual tablet, smartphone ou câmera devo comprar?” Faça o teste em VEJA