Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jovens são viciados em internet

Uma pesquisa realizada na Inglaterra com jovens com idade entre 16 e 24 anos constatou que 75% deles não conseguem viver sem a internet. O estudo apontou ainda que eles preferem conversas on-line: um terço dos jovens admitiu que não sente falta de falar com alguém pessoalmente. Quatro entre cinco jovens usam a internet para procurar conselhos.

O levantamento, publicado no site YouthNet, pretendia estudar o bem�estar que a internet proporciona aos jovens. O professor da Universidade Lancaster Michael Hulme, autor da pesquisa, chamou o grupo de “nativos digitais”. Hulme afirmou que os jovens de hoje cresceram em meio à expansão tecnológica e com a internet e que, por isso, eles não consideram a rede como algo isolado do mundo físico.

Apesar do risco de vazamento de informações sigilosas na web, 76% das pessoas que participaram desta pesquisa consideram a internet segura, mas com uma condição: você tem de saber o que está fazendo. Especialistas afirmam que o grande problema que os jovens enfrentam ao passar horas em frente aos computadores não é o quanto eles estão vulneráveis, mas a falta de informação por parte dos pais. “Os pais precisam ser mais sofisticados”, afirmou o psicólogo Graham Jones. Para ele, os pais devem entender mais sobre tecnologia para saber o que seus filhos estão fazendo.