Clique e assine a partir de 9,90/mês

Jack Ma se despede da Alibaba em grande estilo durante show de rock

De acordo com o bilionário, o plano é se dedicar mais à filantropia e a outra empresa chinesa

Por Sabrina Brito - Atualizado em 11 set 2019, 14h50 - Publicado em 11 set 2019, 14h41

Na terça-feira 10, o bilionário Jack Ma, a pessoa mais rica da China, deu uma festa que marcou sua aposentadoria da empresa de tecnologia por ele fundada em 1999, a Alibaba. Para mais de 80 mil pessoas, o evento promoveu também uma celebração dos vinte anos da companhia. Entre os presentes, estavam funcionários e convidados.

Conhecido por sua irreverência, o executivo se vestiu de rock star durante a festa, ostentando uma jaqueta de couro, óculos escuros e uma peruca. Ma chegou até mesmo a se arriscar na guitarra e na cantoria de músicas populares chinesas na cidade de Hangzhou.

Hoje a vigésima pessoa mais rica do mundo, Jack Ma fundou a Alibaba com os recursos escassos que acumulou dando aulas de inglês na China. Atualmente, trata-se da companhia de capital aberto chinesa mais valiosa de todo o planeta.

Ferrenho defensor de jornadas de trabalho de doze horas por dia ao longo de seis dias por semana, o chinês, aposentado da companhia aos 55 anos, não parece querer seguir as suas próprias recomendações de trabalho incansável. Agora, manterá uma cadeira no conselho de sua empresa enquanto gerencia a Ant Financial, empresa de pagamentos líder do mercado na China. Além disso, uma maior dedicação à filantropia estaria entre seus objetivos, sobretudo com foco no ensino baseado no uso da tecnologia.

Continua após a publicidade

Seu sucessor na Alibaba será Daniel Zhang, atual presidente do grupo. Entre suas metas, devem constar a expansão dos negócios para além do país e a administração da companhia em um mercado nacional em desaceleração.

Publicidade