Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

iPhones 5s e 5C já podem ser vendidos no Brasil

Apple recebeu o aval da Agência Nacional de Telecomunicações para comercializar os aparelhos

Por James Della Valle 8 out 2013, 15h38

A Apple já pode comercializar seus novos modelos de iPhone – 5s e 5C – no Brasil. Os aparelhos foram homologados pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) na última sexta-feira. A partir de agora, a chegada dos aparelhos às lojas do país dependem apenas de contratos entra as operadoras de telefonia celular e a Apple. A estimativa é que as vendas tenham início até o final de outubro.

Leia mais:

Após lançamento das versões 5C e 5s, preço do iPhone cai no Brasil

Dez aplicativos que não podem faltar no seu iPhone

iPhone 5s avança, mas inova pouco. Confira destaques

Continua após a publicidade

Ações da Apple caem após anúncio de iPhones 5C e 5s

De acordo com o documento, os novos aparelhos serão compatíveis com as redes 4G do país, que operam em uma frequência de 2.600 MHz. No sistema da Anatel, o iPhone 5s pode ser identificado como A1457, enquanto que o 5C segue com a identificação A1507.

Os dois smartphones foram apresentados no dia 20 de setembro, com a Apple registrando um recorde de vendas de 9 milhões de unidades nos três primeiros dias de exposição no mercado. A versão mais simples do iPhone 5s, com 16 GB, pode ser encontrada nos Estados Unidos por 199 dólares em contratos com operadoras, ou 649 dólares na versão desbloqueada.

Já a o modelo de 16 GB do 5C começou a 99 dólares em contratos com operadoras, mas alguns gigantes do varejo, como Wal-Mart e Best Buy, já estão vendendo os aparelhos por 45 dólares. De acordo com analistas de mercado da MarketWatch, o novo posicionamento das empresas em relação ao preço visa chamar a atenção dos consumidores jovens para o novo produto. A opção desbloqueada do aparelho custa 549 dólares.

No Brasil, os preços do iPhone 5 começam em 2.300 reais, podendo a chegar a 2.900 reais dependendo da versão escolhida. Ainda não há previsão de valores para os novos dispositivos.

Continua após a publicidade
Publicidade