Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

iPhone 6 deve restringir uso do chip NFC ao Apple Pay

Serviço de pagamento da Apple será o único autorizado a utilizar a tecnologia, que permite pagamentos e transferências de arquivo com o celular

Os usuários do iPhone gostaram de saber que a nova versão do smartphone da Apple vai ganhar um chip com a tecnologia NFC (Near Field Communication, na sigla em inglês). O recurso, presente há alguns anos em smartphones com sistema operacional Android, permite pagamentos com o celular e transferências de arquivos. Contudo, ao que parece o uso do NFC no iPhone será restrito, por ora, aos pagamentos realizados pelo novo serviço de pagamentos da empresa de Cupertino, o Apple Pay.

Leia também:

Apple ficará com 0,15% de cada transação no Apple Pay

Apple vende 4 milhões de iPhones em 24 horas

Apple vai atrasar entregas do iPhone 6 Plus

Comparação: novos iPhones saem na frente do Galaxy

A restrição foi informada por funcionários da Apple ao site Cult of Mac nesta terça-feira. A Apple não confirmou a informação oficialmente. Se a restrição for verificada quando o produto chegar às lojas, os usuários do novo smartphone só poderão fazer pagamentos com o celular em lojas com terminais compatíveis com o serviço da Apple. Mais de 220.000 estabelecimentos nos Estados Unidos já anunciaram que aceitarão pagamentos com o iPhone 6, entre eles as lojas Macy’s, Bloomingdales, Walgreen’s, Subway, McDonald’s, Target, Sephora e, é claro, Apple Store.

Até o momento, a expectativa era de que a Apple permitisse que os desenvolvedores pudessem criar aplicativos para explorar o NFC no iPhone 6 e 6 Plus. Isso permitiria, por exemplo, o uso do chip por serviços de pagamento oferecidos por terceiros, além da transferência de fotos entre o iPhone e outros dispositivos compatíveis. Não é a primeira vez que a Apple restringe o uso de um recurso do aparelho: o leitor de digitais no iPhone 5S só pode ser usado para desbloquear a tela do smartphone e autenticar compras na loja on-line da Apple.

O iPhone 6 e o iPhone 6 Plus chegam às lojas dos Estados Unidos e de outros nove países na próxima sexta-feira, 19 de setembro. A Apple ainda não divulgou a data de lançamento do produto no Brasil, mas é provável que os novos gadgets cheguem ao país até o final do ano. O produto está em pré-venda no site da Apple desde 12 de setembro e a fabricante afirma já ter vendido mais de 4 milhões de unidades dos novos produtos, o dobro do número alcançado com o iPhone 5, lançado em 2012.