Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Inteligência Artificial revela pintura secreta de Picasso

O desenho aparece em outra obra e em esboços do pintor, sugerindo que a imagem figurava com frequência em sua mente

Por Sabrina Brito 14 out 2021, 17h50

Uma empresa fundada por dois alunos de doutorado da University College London revelou a descoberta de um retrato inédito escondido sob a superfície de um quadro de Pablo Picasso. Criada com o objetivo de trazer à tona obras de arte perdidas por meio da tecnologia, a Oxia Palus obteve ainda diversos detalhes sobre a tela.

A arte recém-descoberta, apelidada de “A Nua Agachada e Solitária”, foi pintada antes de 1903, ano em que o pintor espanhol criou por cima dela o quadro “A Refeição de um Homem Cego”. Raios-x fluorescentes e métodos de processamento de imagem foram usados para desvendar a obra escondida. Com a ajuda de um algoritmo de inteligência artificial, as pinceladas de Picasso foram reproduzidas e a tela oculta foi impressa em 3D.

Em comunicado, um dos fundadores da Oxia Palus afirmou que, quando o artista pintou “A Nua Agachada e Solitária” e “A Refeição de um Homem Cego”, ele não dispunha de muito dinheiro, e os materiais de pintura eram caros. Como resultado, ele teria sido de certa forma forçado a pintar por cima de outra obra sua — não sem relutância.

A figura da mulher agachada aparece também em na pintura “La Vie”, de Picasso, e em vários de seus esboços. Assim, especula-se que ele tenha tido certa afinidade pelo desenho.

Continua após a publicidade
Publicidade