Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Inovações transformam a cozinha no ambiente mais tecnológico do lar

Fogão que dá dicas de receitas, geladeira que avisa quando a comida vai acabar, máquinas que servem vinho... O robô, agora, faz o jantar

Por Sabrina Brito Atualizado em 17 dez 2021, 10h18 - Publicado em 18 dez 2021, 08h00

Uma das funções vitais da tecnologia, talvez a mais relevante, é descomplicar a vida das pessoas. Nesse aspecto, nenhum cômodo da casa está tão bem servido quanto a cozinha, nem mesmo a sala de estar e suas TVs, seus aparelhos de som e seus gadgets de todo tipo. É na cozinha que equipamentos dotados de recursos de inteligência artificial e machine learning têm promovido uma interessantíssima — e saborosa, reconheça-se — revolução. Há fogões que avisam o ponto certo de cozimento, geladeiras que informam quando a comida vai acabar e um humanoide capaz de lavar a louça. São novidades já disponíveis no mercado ou prestes a virar do avesso a rotina doméstica.

A Tramontina, uma das maiores fabricantes de talheres e panelas do Brasil, aos 110 anos de existência, decidiu inovar. A empresa lançou recentemente um cooktop (conjunto de bocas de fogão independente de forno) com inúmeras habilidades fornecidas pela inteligência artificial. Basicamente, o eletrodoméstico é usado com auxílio de smartphone. Funciona assim: ao colocar a panela sobre o tal fogão, o usuário recebe, pelo celular, dicas de receitas e até o nível ideal de cozimento.

Batizado de Guru, o aparelho traz embutidas em seu sistema 150 receitas, que são apresentadas em vídeos e textos aos quais o usuário tem acesso por meio de um aplicativo. Assim, é possível ter a ajuda do fogão, que se comunica em tempo real via app, enquanto o cozinheiro prepara o prato. Além disso, há sensores que monitoram a temperatura e o peso dos ingredientes adicionados, certificando-­se de que nenhum componente estará presente em excesso ou que faltou. Segundo a Tramontina, o objetivo do Guru é ajudar principalmente pessoas que não têm experiência na gastronomia — portanto, acabaram as desculpas para não pilotar o fogão.

VISÃO DE FUTURO - Instaview da LG: a porta fica transparente ao toque -
VISÃO DE FUTURO - Instaview da LG: a porta fica transparente ao toque – ./Divulgação

Durante muito tempo, as inovações na cozinha ficaram restritas a aparelhos que trituram melhor os ingredientes, fazem café instantaneamente e auxiliam na retirada da gordura dos alimentos. Agora, na era da inteligência artificial, a indústria dá um passo além. Os eletrodomésticos são inteligentes de verdade e adoram exibir essa qualidade. A americana Amazon anunciou que está desenvolvendo uma geladeira que conversa com o dono: ela avisará quando a comida estiver prestes a acabar ou, se for o caso, encomendará os alimentos automaticamente nos sites de entrega. No ramo das geladeiras, a sul-coreana LG tem uma linha chamada Instaview Door-­in-Door que, entre outros atributos, permite visualizar o seu interior sem abrir a porta — ela fica transparente ao toque e depois de dez segundos volta ao normal.

O projeto mais ambicioso deverá chegar ao mercado em 2022. Trata-se do robô Handy, da também sul-coreana Samsung, que tem um dote utilíssimo: ele lava a louça, o que talvez eliminará muitas das disputas domésticas, e repõe o vinho na taça sem derramar uma gota. Comandos a distância também são uma tendência. Não vai demorar muito para que, deitada no sofá, a pessoa envie uma mensagem a uma máquina que, celeremente, prepara o café. Não há dúvida: lugar de robô agora é na cozinha.

Publicado em VEJA de 22 de dezembro de 2021, edição nº 2769

Continua após a publicidade

Publicidade