Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Influenciadores digitais farão campanha de segurança no trânsito

A empresa do setor automobilístico, Michelin, apostou em youtubers para atingir jovens entre 20 e 35 anos

Subestimados por uns, os influenciadores digitais mostram sua força a cada dia. A tarefa de atrair o público para determinado assunto ganhou proporções enormes que ultrapassam a fronteira de simplesmente produzir vídeos sobre games, ou tutoriais de moda. Os chamados de influencers atingem todas as partes da sociedade. Em maio do ano passado, por exemplo, o youtuber brasileiro Rafael Procopio foi até o Vaticano se encontrar com o Papa Francisco; o objetivo da reunião era entender e debater educação e tolerância na internet. Agora, eles serão porta-vozes de uma campanha de conscientização de trânsito.

Na última segunda-feira (13), a empresa Michelin, do setor automobilístico, confirmou quatro deles para o projeto. A divulgação será realizada em plataforma online e pretende atingir, principalmente, jovens entre 20 e 35 anos, principais vítimas e causadores de acidentes de trânsito do Brasil (e também a costumeira plateia dos influencers). Uma das youtubers confirmadas é Paola Antonini, modelo que, após sofrer um acidente de trânsito, perdeu uma das pernas e usou a plataforma digital para mostrar os desafios de seu dia-a-dia. Também marcam presença Tavião (do canal “Coisas que eu vivi”) e o casal Mariana e Thenório (do “Manual do Mundo”). 

A ação da Michelin apenas confirma uma tendência criada pelo mundo digital. Se antes os famosos que estampavam as principais campanhas publicitárias eram os galãs de novela ou o vocalista de uma banda de sucesso, hoje este espaço passa a ser conquistado pelos influenciadores digitais, que cumprem seu contrato realizando o que sabem fazer de melhor: influenciar.