Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Huawei prevê 480 milhões de casas com acesso a redes 5G até 2025

O mapeamento da fabricante também apontou que mais de 70 países vão disponibilizar o espectro para a implementação do 5G até 2021

Por Da Redação 29 out 2019, 16h15

A chinesa Huawei espera que cerca de 480 milhões de residências em todo o mundo tenham acesso ao serviço de redes 5G até 2025, declarou o presidente-executivo das operações brasileiras da empresa, Derrick Sun, nesta terça-feira 29. Durante a fala, realizada no Futurecom, um evento de telecomunicações em São Paulo, o executivo observou que mais de 70 países terão alocadas as redes 5G até 2021. No momento, 56 nações já fizeram isso, e 40 lançaram algum tipo de serviço 5G.

  • A estimativa é que a tecnologia possa agregar 289 bilhões de dólares ao PIB global até 2025, por meio da prestação de novos serviços e aumento de processos já existentes. Desse montante, 137 bilhões virão por meio do modelo B2B (negócios entre empresas), especialmente nos segmentos de indústria, varejo, logística e saúde. A projeção foi divulgada também hoje (29), pelo presidente da companhia no Brasil, Derrick Sun, durante sua palestra.

    O Brasil está fazendo testes antes de definir uma data para o leilão do espectro de 5G. Segundo autoridades do governo, isso será realizado no próximo ano. De acordo com Sun, o custo médio de dispositivos com acesso ao 5G — como smartphones e tablets — deve logo, até o fim do ano que vem, diminuir do atual patamar de 500 dólares para cerca de 350 dólares.

  • Publicidade