Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

GVT lança TV paga via satélite e banda larga

A operadora GVT anunciou ontem que, a partir do próximo mês, seu serviço de TV por assinatura estreia nas cidades em que já tem operação de telefonia e banda larga. O serviço combina canais via satélite com conteúdo sob demanda via banda larga, recebidos em um único conversor. Não existe previsão de estreia na cidade de São Paulo

“Em cinco anos, queremos ter uma participação de mercado maior em televisão que em telecomunicações”, disse Amos Genish, presidente da GVT. “Não é um produto de nicho, é uma nova área de negócios. Na primeira fase, vamos oferecê-lo para quem já está na base de clientes. No futuro, vamos sair da base e focar cada vez mais em TV”.

A GVT é controlada pela francesa Vivendi, dona do Canal+ e da Universal Music. Uma das novidades dos pacotes anunciados pela companhia é que todos eles têm canais em alta definição. Os preços vão de R$ 59,90 a R$ 129,90, e o conteúdo inclui os canais da Globosat e da HBO.

Os serviços interativos incluem integração com o Twitter, vídeo sob demanda com mais de 2 mil títulos e um recurso que se chama Outra Chance, que permite que o espectador possa assistir programas que já foram ao ar em qualuer horário. “Os programas que já passaram ficam disponíveis por um período determinado, que depende da negociação com cada estúdio”, explicou Alcides Troller, vice-presidente da GVT. “O espectador pode vê-lo de graça, quantas vezes quiser”, concluiu.

(Com Agência Estado)