Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Google responde a acusações de Murdoch no Twitter

Presidente da News Corp havia acusado gigante de buscas de liderar pirataria

O Google respondeu, neste domingo, às acusações de Rupert Murdoch, presidente da News Corporation, que afirmara que o gigante de buscas é “líder da pirataria on-line”. Murdoch lançou as acusações no sábado, em seu perfil no Twitter.

“Isso é besteira”, escreveu uma representante do Google ao site de notícias sobre tecnologia CNet. “Só no ano passado, nós removemos 5 milhões de páginas dos nossos resultados de busca e investimos mais de 60 milhões de dólares na luta contra anúncios irregulares. Nós combatemos piratas e falsificadores todos os dias.”

Murdoch também criticou o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama. O motivo dos ataques é o projeto de lei Sopa, que visa combater a pirataria on-line. A Casa Branca havia declarado que reconhece a necessidade de leis para combater pirataria on-line, mas teme projetos que poderão levar à censura, causar problemas de segurança de rede e criar entraves à inovação.

“Então, Obama se aliou aos pagadores do Vale do Silício que ameaçam todos os criadores de software com pirataria, roubo”, escreveu o magnata da mídia. “Google é o líder da pirataria on-line que passa filmes por streaming de graça, vende anúncios atrelados a ele. Por isso, pode dar milhões de dólares a lobistas.”

A News Corporation é uma das instituições que declarou apoio ao projeto de lei Sopa.