Clique e assine com 88% de desconto

Google anuncia compra da empresa de satélites Skybox

Aquisição no valor de 500 milhões de dólares, pagos em dinheiro, está sujeita à aprovação de órgãos reguladores

Por Da Redação - 10 jun 2014, 19h17

O Google anunciou nesta terça-feira um acordo para comprar a empresa de satélites Skybox por 500 milhões de dólares, que serão pagos em dinheiro. Com a empresa, o gigante das buscas pretende manter atualizadas as imagens usadas pelos mapas do Google Maps, mas a Skybox poderá ser útil em projetos de longo prazo que envolvem a oferta de conexão de internet em locais remotos.

Leia também:

De balão: é assim que o Google quer levar a internet a todo o planeta

Google quer ser gigante também no mundo da Internet das Coisas

Publicidade

A aquisição se alinha à estratégia do Google, que já possui iniciativas para levar internet a regiões desprovidas de infraestrutura terrestre de telecomunicações com o uso de balões. Ao conectar mais pessoas à internet em todo o mundo, a empresa pretende estimular o uso de seus serviços on-line, como a ferramenta de busca, o que pode garantir a sobrevivência da companhia a partir da receita de publicidade no futuro.

“Os satélites vão ajudar a manter nossos mapas precisos com imagens atualizadas. Com o tempo, esperamos também que a equipe e a tecnologia da Skybox serão capazes de ajudar a melhorar o acesso à internet e o auxílio em situações de emergência – áreas nas quais o Google está interessado há muito tempo”, disse a empresa, em comunicado.

De acordo com o site Recode, a tecnologia desenvolvida pela Skybox permite monitorar regiões específicas, como áreas dedicadas à agricultura ou portos, por meio de imagens. Isso permite detectar mudanças ao longo do tempo, como infestações, ou analisar informações sobre a atividade dos navios em locais de embarque e desembarque de mercadorias.

A aquisição ainda precisa de aprovação dos órgãos reguladores e o valor da operação está “sujeito a ajustes”, de acordo com o comunicado do Google.

Publicidade

(Com Estadão Conteúdo)

Publicidade